PUBLICIDADE

Cultura | Projeto Imigrar

5 grandes diferenças culturais entre Quebec e outras províncias do Canadá

Afinal, quais são as particularidades da província de quebec em relação ao restante do país? Para explicar isso melhor, irei listar as cinco principais diferenças culturais entre Quebec e outras províncias do Canadá. Continue lendo!

Por Marco Vasconcelos

Publicado em 16 de junho de 2023

Atualizado há 1 dia

5 grandes diferenças culturais entre Quebec e outras províncias do Canadá

Lista de tópicos:

()

Quais sao as particularidades da provÍncia de Quebec?

A província de Quebec, no Canadá, tem algumas particularidades em relação ao restante do país. Aqui estão algumas das mais relavantes:

1 – Língua

Quebec é a única província francófona do Canadá, com o francês sendo a língua oficial. Todas as outras nove províncias e três territórios do país têm o inglês como língua oficial, embora algumas também tenham o francês como língua secundária, como o caso de New Brunswick,  a única província oficialmente bilíngue do país, com um percentual muito grande se sua população que fala inglês e francês.

Ao contrário do que muitos pensam, Quebec não é bilingue, mesmo sofrendo uma grande influência do bilinguismo não oficial de Montreal, cidade detentora de quase metade da população da província de Quebec, com aproximadamente 4.5 milhões de habitantes.

Leia também: Censo canadense revela que famílias de Quebec estão falando menos francês em casa

2 – Religião

Quebec tem uma forte tradição católica, principalmente devido a sua colonização francesa. O censo de 2011 apontou que cerca de 75% da população de Quebec se declarava católica.

Além do catolicismo, outras religiões minoritárias como islamismo, judaismo, hinduísmo e protestantismo se somam aos ateus e agnósticos. Infelizmente não consegui achar dados precisos para estas religiões, então vou ficar devendo.

5 grandes diferenças culturais entre Quebec e outras províncias do Canadá
Igrejas em Montreal – Fonte: Arquivo pessoal

Por outro lado, todo o resto do Canadá (colonização britânica) tem uma forte presença do protestantismo como principal religião, somada as já citadas islamismo, judaismo, induismo, budismo entre outras.

Um fato curioso sobre o catolicismo em Quebec fica bastante evidente quando nos deparamos com uma quantidade realmente impressionante de igrejas na provincia. Apenas para dar uma noção, somente na cidade de Montreal, são mais de 600 delas. Algumas fundadas em 1700.

PUBLICIDADE

A influência da religião católica foi tão forte durante a colonização que muitos dos palavrões Québécois (nativos de Quebec) foram originados pelas rixas entre a população e igreja católica, como os famosos: Tabarnak (que vem de tabernáculo), Crisse! (que vem de Christ ou Cristo), Osti ou Esti (que vem de hostie ou Óstia), Câlice ou Calisse (que vem de calice ou cálice) e Sacrament( que vem de sacrement ou sacramento).

3 – Etina e Diversidade

Segundo o censo de 2011, a composição racial de Quebec era: 87,2% de brancos, 11% de grupos minoritários visíveis e 1,4% de aborígines (1,1% das Primeiras Nações, 0,5% de Metis, 0,2% de Inuit).

Os grupos minoritários visíveis incluem: Asiáticos (4,1%), Negros (3,2%), Árabes (2,2%) e Latinos com 1,5%.

O Canada foi classificado como um dos 10 destinos de viagem mais amigaveis ​​para LGBTQIA do mundo
O Canada foi classificado como um dos 10 destinos de viagem mais amigaveis ​​para LGBTQIA do mundo, mas Quebec não é um deles. Fonte: Banco e imagens

Há também um grande número de grupos indígenas que se recusan a participar do censo por motivos políticos sobre a questão da soberania indígena.

Dados mais recentes do censo mostram que a população branca em Quebec vem caindo ao longo dos anos, principalmente devido a fatores como imigração, mas ainda sim, Quebec possui de longe a população mais branca do Canadá quando comparada a outras províncias.

Tome como exemplo a província da Colúmbia Britânica, região onde está situada a cidade de Vancouver, com seus mais de 600 mil habitantes, dos quais, mais de 40% são asiáticos.

Também não posso deixar de mencionar que lidar com uma população onde a maioria é branca também traz algumas consequências sociais nada legais como um nível maior de racismo.

Sendo bem honesto, eu e minha família já passamos por algumas situações de racismo em relação ao nosso status de imigrante, mas quando se trata da cor, você pode se surpreender ao presenciar como os negros são vistos e tratados aqui.

PUBLICIDADE

O mesmo pode ser dito para questões de gênero, os Quebecos são até tolerantes quanto demosntrações de afeto homoxesual, mas apenas porque a lei dos direitos humanos é pesada e bem aplicada aqui.

4 – Legislação e Imigração

Assim como lingua, religião e cultura, Quebec também não poderia ser diferente quanto a suas leis e processo de imigração. Para não me estender muito neste post, vou deixar esse tópico por conta de dois outros artigos que escrevi explicando sobre isso.

Você vai descobrir que viver em Quebec é como viver num país dentro de outro país.

5 – Arquitetura, Vida Social e Urbana

Essa é provavelmente uma das razões mais fortes de eu ter escolhido morar em Quebec, mais precisamente em Montreal. Viver em Quebec é viver em atmosfera totalmente deslocada do resto do Canadá. Você vai notar que a província tem um charme de cidades da europa, misturado com a loucura de grandes centros urbanos dos EUA quando falamos de Montreal.

Bairros de Montreal Fonte Arquivo Pessoal
Bairros de Montreal – Fonte: Arquivo Pessoal

Já visitei províncias como Ontário e a Columbia Britânica e vi seus grandes centros urbanos, além de alguns subúrbios e pude ver de perto o quão Quebec é diferente deles.

Leia também: Morar em Montreal: 12 Pontos que deve considerar antes viver nesta cidade

Não apenas pelo idioma, mas, principalmente, por sua arquitetura e vida urbana. Então, para resumir isso de forma fácil, vou listar alguns pontos positivos e negativos quando compramos Quebec a outras provincias.

Pontos positivos de Quebec em relação a outras pronvíncias do Canadá:

  • Educação: O sistema de educação em Quebec possui grandes centros de excelência, com universidades de prestígio internacional.
  • Segurança: Quebec é considerada uma das províncias mais seguras do Canadá.
  • História e cultura: Diferente do resto do Canadá, a história e a cultura de Quebec são bem marcadas pela colonização e baixa diversidade, o que fez com a província sofresse pouca influência de culturas externas dos imigrantes. Eles realmente preservam isso, basta ver como a arquitetura histórica na cidade se distingue do resto do Canadá.
  • Contato com a natureza: Quebec tem muitas áreas verdes e parques naturais, além de possuir costas no oceano Atlântico e Ártico, o que oferece muitas oportunidades para atividades ao ar livre, mesmo com invernos mais intensos. Quebec possui uma diversidade de paisagens realmente impressionante.
  • Custo de vida: Quebec tem um custo de vida mais baixo do que outras províncias canadenses, o que pode ser uma vantagem para quem está procurando economizar, mesmo cobrando uma das maiores cargas tributárias do Canadá.
  • Mobilidade: Com mais de 500 km de ciclovias, apenas na cidade de Montreal e um sistema de transporte de qualidade, Quebec leva alguns pontos em relação a outras províncias do Canadá.
  • Infraestrutura para lidar com o inverno: É impressionante a operação realizada pela província quando o assunto é remover a neve.

Leia também: Melhores cidades para morar na província de Quebec em 2023

PUBLICIDADE

Pontos negativos de Quebec em relação a outras pronvíncias do Canadá:

  • Transito: Em cidades como Montreal, o nível de tráfego de carros está colocando a cidade entre uma das piores do Canadá.
  • Sistema de Saúde: Esse continua sendo um problema que assola a provincia. Mau gerido e sempre sobrecarregado, o sistema de saúde de Quebec não é o melhor que se espera quando comparado a outras províncias do Canadá.
  • Políticas culturais autocráticas: Quebec tem políticas culturais muito particulares que visam preservar e promover a cultura francófona e isso vem deixando a provincia cada vez mais isolada do resto do Canadá. Essa história de querer forçar o idioma francês a todo custo tem um revés negativo na economia da província.
  • Qualidade das vias e Estradas: Com o segundo maior PIB nominal do Canadá, não justifica que a província não cuide melhor de suas vias urbanas, ainda mais quando falamos de Montreal. Esse lado corrupto da província é algo bem negativo de se ver.

Bônus

  • Quebec é a segunda província mais populosa do Canadá, depois de Ontário.
  • A maior concentração populacional está na cidade de Quebec, Montreal e perto do rio São Lourenço, que são consideradas áreas urbanas muito importantes para a economia do país.
  • Quebec é a maior província do Canadá por extensão territorial.
  • Quebec já quase se separou do Canadá em dois referendos sobre a independência da província, em 1980 e 1995.
  • Quebec financia programas de educação e aprendizagem para ajudar os estrangeiros a se qualificarem para as vagas.

Considerações finais

Ao escolher seu destino para começar a vida no Canadá tenha em mente que cada província e cidade tem suas particularidades e, em se tratando de Canadá, isso pode surpreender você.

Meu conselho é sempre dizer as pessoas para não cair nessa de fazer seu projeto sem conhecer a fundo onde vai viver antes de imigrar, a menos que você realmente ainda acredite que vivemos em iglus, rodeados de ursos polares.

Leia também: 8 coisas que deve fazer numa viagem exploratória ao Canadá antes de imigrar

Quebec, assim como qualquer outra província do Canadá, tem seus encantos e desencantos, você só precisa descobrir se eles combinam como seu estilo de vida. A única verdade que posso dizer nesse momento é que, se você chegou até a essa parte do texto, tenha certeza que já está fazendo bem a sua lição de casa.

Se quer mais dicas como essas, inscreva-se em nossa newsletter para receber atualizações sobre a vida no Canadá, sobretudo em Quebec e Montreal.

Nos vemos no próximo post! 😉

Esse artigo foi útil para você?

Clique nas estrelas

Média da classificação / 5. Número de votos:

PUBLICIDADE

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Como você achou esse post útil...

Ajude mais pessoas compartilhando esse artigo em suas redes sociais

SOBRE O AUTOR

Pernambucano de raiz longe da terrinha desde 2018. Mais de duas décadas dedicadas à tecnologia web, comércio eletrônico e marketing. Nas horas vagas, sou pai, esposo, apaixonado por ciclismo, blogueiro e tiktoker. Enfin, é isso que eu faço.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Deixe um comentário